Internet

Mapa do Acolhimento – Nenhuma mulher deve sofrer sozinha

Mexeu com uma, mexeu com todas! Por isso, o Mapa do Acolhimento surgiu com o propósito de ser um espaço para conectar vítimas de violência sexual a profissionais especializadas neste tipo de assistência. Quem tomou a frente desta iniciativa foram o grupo feminista #AgoraÉqueSãoElas e a organização ativista Nossas Cidades. Agora, só falta você! Quer saber como apoiar?

Funciona assim: se você é terapeuta, é só se cadastrar no site para oferecer seu serviço contínuo e gratuito às vítimas. Se não é um profissional da área, mas quer apoiar de outra forma, inscreva-se no grupo #MulheresMobilizadas para ajudar na avaliação de serviços públicos na sua cidade.

nenhuma mulher deve sofrer sozinha

Alguns dados relevantes (e muito tristes!) para você entrar nessa rede e compartilhar o projeto por aí:

  • A cada 11 minutos, uma mulher é estuprada no Brasil.
  • De acordo com uma pesquisa feita pelo IPEA, cerca de 527 mil pessoas são estupradas por ano no país, sendo que 89% da vítima destes atos violentos são mulheres.

Quer saber mais sobre a realidade do estupro e quais são os direitos da mulher no Brasil? Clique aqui!

 

 

Deixe um comentário

O artigo escrito por:

Por trás de um delineador colorido guardo um olhar curioso e, assumidamente, apaixonado por tudo. Na coleção de amores, em primeiro plano estão as palavras, a dança, a música e as cores.