Música

Clipe de Feliz e Ponto e a fé na vida renovada com SILVA

Com o perdão da síndrome de underground, quem me conhece nas internets há um certo tempo sabe que eu gosto do SILVA desde Claridão (2012, SLAP). Confesso inclusive que nem Vista pro Mar, seu segundo disco (2014, SLAP), me fez esquecer os sucessos do primeiro e eu estranhei algumas músicas. Estranhas na melodia pra mim, mas ainda com letras que eu sempre desejei escrever. “É Preciso Dizer“: quero casar com essa música.

Lúcio Silva de Souza está na minha vida desde os meus primeiros dias como parte do caos da cidade de São Paulo, dos primeiros rolês que eu dei pela cidade, dos primeiros amores que eu vivi aqui e, claro, das minhas primeiras descobertas como homossexual. Até porque depois disso eu podia dizer pra todo mundo que SILVA está na lista dos crushs (é assim o plural?). Sinceramente que homem.

silva feliz e ponto 5

Ontem, depois de passar horas corrigindo um vídeo pro canal, eu decidi entrar no Twitter. Todo mundo estava comentando sobre algo que a Patrícia Abravanel dissera no programa do pai. Eu, claro, fui atrás para ver o que ela falou e fui dormir meio mal. Principalmente porque sempre achei ela legal, na televisão.

Não, o que ela fez não foi dar a sua opinião. Opinião é dizer que prefere Britney em vez de Aguilera. Esse comentário todo dela é burro e preconceituoso. E não, na minha vida o comentário dela não muda nada, mas é bem triste e preocupante uma pessoa pública, que entra na casa de milhões de pessoas, no país onde mais se mata homossexuais, e pregar que somos anormais. Ela não disse que odeia os gays, mas deu ainda mais força pra quem acha que somos aberrações.

Pois bem, fui dormir cansadinho do mundo e mais uma vez triste com gente que não respeita o amor alheio. Mas aí acordei e eis que meus amigos maravilhosos já tinham mandado mensagem: FILHO, LEVANTA QUE TEM CLIPE NOVO DO SILVA.

Pra quem ainda não viu, no clipe de Feliz e Ponto, a quarta faixa de Júpiter (2015, SLAP), Silva adere ao poliamor em cenas lindas numa floresta. Quando ouvi os primeiros segundos da música, pela batida, achei diferente do que ele já fez, achei parecido com músicas do Projota.

Com os atores Camila Aguiar e Saulo Arctep, Lúcio conseguiu me fazer feliz de novo. Pela beleza do clipe, pela aceitação do amor, pela letra linda da canção.

silva feliz e ponto 4

silva feliz e ponto 3

Não quero o poliamor para a minha vida. Mas acho lindo pessoas que se libertaram e vivem o amor dessa forma. Que sejam felizes e que eu aprenda todos os dias a lidar com o modo que elas vivem. Viu? Isso é opinião.

Feliz e ponto.

Deixe um comentário

O artigo escrito por:

Publicitário, blogger, youtuber e uma graça.